domingo, 26 de outubro de 2014

Dilma, presidente...

Vitórias e derrotas eleitorais fazem parte do crescimento democrático de uma nação. O mapa eleitoral brasileiro tem muito a dizer para toda classe política, que um dia há de se renovar. O PSDB perdeu em Minas e no norte/nordeste, e daí talvez possa tirar a grande lição de que tem que descer do pedestal e entender que todos os seres humanos são iguais em direitos. O PT perdeu no sul/sudeste/centro-oeste, onde, de uma maneira geral,  há maior empreendedorismo e escolaridade, portanto, maior discernimento sobre cidadania, e daí talvez possa tirar a grande lição de que tem que entender que todos os seres humanos são iguais em direitos. Todos inclui ricos, negros, pobres, gays, evangélicos, católicos, budistas, brancos, espíritas, direitas, velhos, heteros, esquerdas, crianças... todos, sem exceção. E todos têm que ser iguais, sem que uns sejam mais iguais do que os outros. O Brasil é um só e embora muitos pensem que "o sul é o meu país", fazemos parte de uma grande família, onde as disparidades servem de crescimento para todos, e não vamos deixar que a influência de nenhum partido consiga mudar isso.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Este é o Brasil que temos






a disparidade dos institutos de pesquisa é a fotografia da corrupção tão profundamente enraizada no Brasil. Infelizmente, muita coisa não incomoda mais. Mortes, ônibus incendiados, adolescentes drogados acabando com suas vidas e de suas famílias, execuções sumárias, políticos corruptos, principalmente se estes fatos não nos atingirem diretamente. Tenho certeza que a imprensa brasileira tem papel preponderante nisso, baixando o nível geral, eternamente atrás do efeito midiático que dá mais retorno econômico, vide BBBs da vida e programas de jornalismo sensacionalistas. Então tivemos um sonhos quando pintamos a cara para que as diretas já fossem realidade, mas a moral do sistema político virou uma draga de esperanças. O sonho virou um pesadelo, com direito a caçador de marajás no poder (e a mídia fez até novela preparando seu caminho), com plano isso e plano aquilo, confisco da poupança e uma incompetência gestacional digna dos piores ditadores. E o pesadelo nos trouxe uma inflação de quase mil porcento ao ano. Então tivemos o FHC, que montou na sela do plano real e esporeou o cavalinho Brasil até a exaustão, achando que seria eternamente aplaudido. Então tivemos o Lula paz e amor e a inabalável ética petista (que chegou a me conquistar), definhada até virar pau de galinheiro quando ele e Maluf se abraçaram entre sorrisos. Então as coligações desabaram para o fisiologismo e este para o corporativismo escancarado. Então o estado começou a ser maior que as instituições e manipular números. Então vimos a miséria da corrupção não impressionar mais a ninguém, até porque, as pessoas têm a impressão que a corrupção não as prejudica diretamente. E a miséria moral virou tanta, que muita gente chega a pensar que o PSDB é a solução. O PSDB de cima do muro, que sempre se aproveitou das ondas momentâneas e desconstruiu de maneira exemplar a imagem de tantos concorrentes, principalmente quando o famigerado Serra estava nas disputas (e hoje reclama do Aécio ser desconstruído). É isso que temos. E eu, no meio disso tudo, tão indignado que estou com a tamanha falta de ética do PT, e contra o decreto 8234, e por achar que política social é obrigação, (assim como honestidade não é virtude, também é obrigação), sou levado a preferir que o Aécio ganhe, porque na balança das intenções, o que a desequilibra é que ele é contra a reeleição. A reeleição tende a levar as "pessoas a votarem em pessoas", não em ideias e ideologias. Ideias e ideologias HONESTAS e consequentemente fieis aos seus princípios, combatem naturalmente a corrupção, e a maioria das mazelas sociais.  E, antes que os pensadores que formam o esquadrão da ditadura intelectual da esquerda venham me questionar, quero lembrar que apenas estou exercendo minha liberdade democrática. Enquanto ela existe. Ah... em tempo: acho que a Dilma ganha, porque é esse o Brasil que temos...